Impostos sobre venda de imóveis x sobre Permuta

Impostos sobre venda de imóveis x sobre Permuta

Impostos sobre venda de imóveis x sobre Permuta

O que vale mais a pena: vender um imóvel para comprar outro ou permutar? Tudo depende das taxas e impostos que você precisará pagar. Enquanto a permuta resolve tudo em uma única transação, nos casos de compra e venda, você irá enfrentar mais burocracias. Entenda agora os impostos sobre venda de imóveis, em comparação aos impostos  sobre a permuta imobiliária.

Impostos sobre venda de imóveis e outras despesas 

Conheça agora todos os impostos sobre venda de imóveis e demais despesas que você terá, caso opte por vender um imóvel:

Despesas com documentação

Antes de vender o imóvel, você precisa reunir todas as certidões que mostram a regularidade do bom. Os custos com cartório, despachantes e cópias podem variam entre R$ 500 e R$ 800. 

Corretagem

A taxa de corretagem cobrada pelo CRECI varia entre 6% e 8% do valor do imóvel. Geralmente, as imobiliárias já adicionam essa taxa no valor final.

Impostos sobre venda de imóveis

Ao vender um imóvel, você precisará pagar 15% à Receita Federal.

Agora que você já conhece os impostos sobre venda de imóveis, conheça os impostos sobre compra de imóveis.

Impostos sobre compra de imóveis e outras despesas 

Além da corretagem, você precisará pagar:

Se o imóvel for novo…

Se você estiver adquirindo um imóvel novo, precisará pagar a taxa de Serviços de Assessoria Técnico-Imobiliária (SATI), no valor de 1%  do imóvel à incorporadora pela prestação de serviços de assistência técnica e jurídica durante a negociação do contrato. Além disso, precisará se programar para arcar com Taxa de interveniência (de até 2% do imóvel, quando receber as chaves),

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)

O Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) deve ser pago quando há uma transferência imobiliária envolvendo pessoas vivas, seja em casos de permuta ou de compra e venda. O pagamento libera a documentação para mudança do nome do proprietário do imóvel.

Escritura pública

A Escritura do Imóvel é o documento que aponta que o comprador e vendedor vão fazer uma transação. É o que transfere as responsabilidades e formaliza a venda. Com isso, é emitido um título que mostra o proprietário do imóvel.

O custo depende do valor do bem e do estado em que é localizado.

Registro do imóvel

Já o registro do imóvel é o que transfere, efetivamente, um imóvel para o novo proprietário. Portanto é obrigatório o registro assim que feita a escritura, já que isso evita problemas futuros.

A partir do momento em que o registro é feito, as responsabilidades passam ao novo dono. Sendo assim, deve arcar com pagamento de IPTU, condomínio e demais despesas.

Custo do financiamento

Caso você tenha financiado o imóvel, deverá pagar uma parcela mensal até a quitação do valor. Nestes casos, vale atenção ao Custo Efetivo Total (CET), a taxa que corresponde a todos os encargos e despesas incidentes nas operações de crédito, porque elas podem ser negociadas.

Se o imóvel for novo, você deverá pagar a construtora a Taxa de Evolução da Obra que custa, em média, 2% do valor total. Se assemelha a um “juros” dos produtos e equipamentos usados na obra durante o tempo de construção.

Se o bem que comprou está sendo vendido pelo primeiro dono com parcelas e tem um financiamento em aberto, você irá precisar pagar entre 2% a 5% sobre o preço da unidade para a construtura, porque, teoricamente, ainda a pertence. Essa é a chamada Taxa de Cessão de Contrato.

 

Permutando imóvel

 

Impostos sobre permuta de imóveis e outras despesas

Apesar de envolver menos burocracia e menos impostos comparado aos impostos sobre venda de imóveis, a permuta imobiliária ainda envolve despesas. Saiba mais sobre elas: 

Corretagem

Você também irá precisar pagar a taxa de corretagem. Porém, se você optar por realizar a permuta através do Rei da Permuta, a taxa de corretagem é 50% menor do que as cobradas por imobiliárias.

Escritura e Registro do Imóvel

Como já te explicamos, a escritura formaliza a venda e cria o título que permite transmissão, enquanto o registro do imóvel tem o poder de passar a posse para outra pessoa.

Imposto sobre venda de imóvel (ITBI)

O ITBI também deve ser pago em permutas imobiliárias. Só com o pagamento, a documentação é liberada para mudança de nome do novo do proprietário de um bem.

IRRF

Se a permuta de imóveis for realizada entre imóveis de mesmo valor, há a isenção de Imposto de Renda. Porém, quando há necessidade do pagamento de torna (valor pago em dinheiro para equilibrar o valor dos dois imóveis), conforme o art. 123 do Regulamento do Imposto de Renda (Decreto 3000/99), a diferença é tributável. Sendo assim,  se o imóvel que está a venda tem o valor equivalente a R$ 600.000,00, mas o mesmo imóvel foi comprado por R$ 300.000,00, a diferença, (R$300.000,00) é o ganho de capital que é tributável pelo Imposto de Renda em 15%.

Documentação para realizar a permuta

Antes de realizar a permuta, você vai precisar comprovar a regularidade do seu bem, o que acaba envolvendo alguns custos com documentação. Conheça quais são:

⊕ Comprovante de que os impostos e taxas incidentes estão quitados.

⊕ Certidão Completa de Matrícula obtida no Registro de Imóveis, expedida a menos de 30 dias.

⊕ Certidões Negativas de Ações Reais, Reipersecutórias e de Ônus Reais referentes ao imóvel, obtidas no Registro de Imóveis, expedidas a menos de 30 dias.

⊕ Carnê de IPTU do ano vigente com pagamento em dia ou o cadastro municipal do imóvel, retirado na Prefeitura.

⊕  CCIR, Certidão Negativa de ITR e do IBAMA quando o imóvel for rural, dentro do prazo de validade.

⊕  CAT – expedida pela Delegacia de Patrimônio da União, quando o imóvel for aforamento ou ocupação (terreno de marinha), dentro do prazo de validade.

 

⇒ Quem paga as taxas e custos da transação?
Ao contrário da compra e venda, onde você precisaria arcar com tudo sozinho, na permuta, conforme especificado no Código Civil, todas as despesas devem ser partilhadas. Essa é a regra, porém, nada impede de que, caso ambas as partes desejem, façam um acordo para que apenas uma parte pague.

Qual é o gasto total com impostos e taxas?

A recomendação é que seja separado 5% do valor do bem para despesas com impostos sobre venda de imóveis ou para arcar com despesas da permuta imobiliária. Juntando isso, com a taxa de corretagem, você vai precisar de uma média de 10% do valor do imóvel. 

O que compensa mais: compra e venda ou permuta imobiliária?

Agora que você já conheceu os gastos com impostos sobre venda de imóveis, já sabe que a permuta imobiliária compensa mais. O número de processos envolvidos é menor e você terá menos gastos. Além disso, você não ficará com aquela insegurança de vender seu imóvel sem ter a certeza de que irá encontrar outro para morar em tempo hábil.

 

impostos sobre venda de imovel

 

Rei da Permute ajuda: permute com facilidade 

Se você gostou do baixo custo da permuta e quer praticar a modalidade, conte com a ajuda do Rei da Permuta. Preparamos um guia completo para que você aprenda a permutar e já listamos dicas infalíveis para serem aplicadas na negociação.

Para encontrar outras pessoas dispostas a permutar, baixe um aplicativo Rei da Permuta pela Play Store  ou pela Apple Store. Diversas outras pessoas com o mesmo propósito que você estarão reunidas em um só lugar.

O cadastro é rápido e intuitivo. Basta preencher seus dados e inserir algumas fotos do imóvel que você quer permutar. Depois da aprovação do suporte, que pode levar até 24 horas, é só procurar um bem que encaixe naquilo que você sempre sonhou.

Não há pagamento de mensalidade e a taxa de corretagem é 50% menor do que a cobrada por imobiliárias.

 

Trocar de imóvel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *